AET

Diversos Sítios

.

.

-

-

comentários recentes

Posts mais comentados

pesquisar

 
Terça-feira, 08 DE Fevereiro DE 2011

A canção dos miúdos - Internet Segura

publicado por aet1ciclo às 23:43
Terça-feira, 08 DE Fevereiro DE 2011

...

 

 

O Dia Europeu da Internet Segura 2011 é 8 de Fevereiro de 2011.

Em Portugal, muitas actividades são lideradas pelo Projecto Internet Segura  em que  a  utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) transformam profundamente a maneira como as pessoas vivem – como aprendem, trabalham, ocupam os tempos livres e interagem.

O projecto Internet Segura preparou algumas iniciativas a nível nacional para promoção da utilização segura da Internet, com particular atenção nas escolas do ensino Básico e Secundário e em Espaços Internet, locais de acesso público e gratuito à Internet com o apoio de pessoal próprio.

. Tal como nos anos anteriores, o projecto Internet Segura resolveu estender estas comemorações ao período de 4 a 18 de Fevereiro, dinamizando-as ao longo de todo o país nomeadamente através da Rede de Espaços Internet e da Rede Solidária,

 No caso das Escolas, a equipa da Seguranet que é a componente do projecto Internet Segura a funcionar no Ministério da Educação, lançou para a semana de 7 a 12 de Fevereiro actividades com alunos e/ou encarregados de educação que contribuam para a utilização crítica, consciente e segura da Internet, em mais

No âmbito da celebração do Dia Europeu da Internet Segura no ano passado, a Microsoft  traduziu para português, 5 vídeos informativos sobre segurança na Internet

 

 

Estes vídeos também estão disponíveis no canal do projecto Internet Segura no You Tube.

Podem ser obtidas informações sobre estas iniciativas nas notícias publicadas na Internet em http://www.umic.pt/ ; http://www.RededeEspacosInternet.pt; http://www.RedeSolidaria.org.pt.Ver também: 7 a 18 de Fevereiro - Lista de actividades nos Espaços Internet (em actualização).

Sobre o Projecto Internet Segura


Sítios do projecto Internet Segura sobre a temática:

  • www.InternetSegura.pt – Portal nacional com informações sobre o projecto, dicas para uma navegação segura e recursos para os utilizadores;
  • www.Seguranet.pt – Sítio dedicado à temática da Internet Segura para a comunidade escolar: escolas, professores, alunos, e encarregados de educação e familiares de alunos;
  • http://LinhaAlerta.internetsegura.pt – Serviço

    do projecto Internet Segura para reporte de conteúdos ilegais.

 

 

Última actualização ( 07/02/2011 )

 

 

Pesquisa elaborada pela bibliotecária em 7 de fevereiro 2011

publicado por aet1ciclo às 23:24
Terça-feira, 08 DE Fevereiro DE 2011

O Dia Europeu da Internet Segura 2011 é 8 de Fevereiro de 2011

A Floresta Infinita conta a história de Nicolau, uma criança com 9 anos de idade, que está a aprender a utilizar o computador e o correio electrónico. A história conta às crianças o que é a Internet e o que pode ser feito com ela, entre outras coisas. Ao mesmo tempo, é ensinado que a Internet também inclui alguns perigos contra os quais os utilizadores se devem proteger.

Clica na imagem para ver.

 

 

 

Os Novos Amigos da Ana é a continuação da história Floresta Infinita, cuja personagem principal é Ana, a prima do Nicolau. A história aborda a natureza pública da Internet, o comportamento na Internet, a publicação de imagens e os direitos de autor.

 

Clica aqui para veres.

publicado por aet1ciclo às 23:11
Terça-feira, 08 DE Fevereiro DE 2011

Não faz mal ser diferente

Um conto para trabalhar a diferença.
publicado por aet1ciclo às 01:07
Segunda-feira, 07 DE Fevereiro DE 2011

"Ler é fixe"

 

Os alunos do 1º ano turma A (1) da prof. Ana Maria, do Pinheiral, no âmbito do concurso “Ler é Fixe”, trabalharam os poemas de Luísa Ducla Soares“ A Mãe” e “A Minha casinha”.

Ouviram, declamaram e fizeram o desenho dos mesmos.

 

publicado por aet1ciclo às 10:44
Domingo, 06 DE Fevereiro DE 2011

Resumo do conto «Os três desejos»

Era uma vez Maria e Manuel, um casal de pobres, que sonhava. O Manuel queria ter um palácio com uma quinta à volta e uma imenssa floresta. Maria sonhava viver numa cidade, ir a um instituto de beleza, ter vestidos de seda e jóias e ir a todos os bailes.

O Manuel, para gozar com a mulher, perguntou-lhe porque é que ela não casava com um príncipe. Ela não gostou da piada e respondeu que ela não se casava com um príncipe porque se tinha casado com um pelintra, que era ele.

Entretanto bateram  à porta. O Manuel, para voltar a gozar com a mulher, disse que era o seu príncipe. Quando abriu a porta,viu um velho mendigo que pedia um copo de água. Maria foi buscar um copo de água e uma fatia de pão, pois era tudo o que tinha. Convidou-o para se sentar à lareira, pois lá fora estava frio. Ele aceitou, e quando se foi embora, concedeu três desejos ao casal.

Maria pediu um chouriço e ele apareceu. O Manuel, irritado por a mulher ter desperdiçado desejo, disse que ela devia ficar com o chouriço preso ao nariz. O desejo realizou-se, e a Maria ficou com o chouriço preso ao nariz.  Maria, que era vaidosa, com aquele chouriço preso ao nariz, não lhe valia de nada usar jóias e roupas de seda. Então, pediu ao mendigo para lhe tirar o chouriço do nariz. Mais uma vez, o desejo realizou-se. O chouriço saiu do nariz da Maria e desapareceu. O chouriço até podia estar em cima da mesa para a ceia. Eles insistiram para o mendigo lhes dar outra oportunidade, mas ele não lhes concedeu mais nenhum desejo, porque três foi o número que Deus fez. O mendigo foi-se embora e o casal foi dormir e sonhar.

 

 ANA RAQUEL - 4º ANO - TURMA G7 DA PROF. CONCEIçãO OLIVEIRA - EB1 DO PINHEIRAL
publicado por aet1ciclo às 19:39
Domingo, 06 DE Fevereiro DE 2011

Diálogo entre o sol e nuvem

Era um dia muito especial, o  primeiro dia de Inverno. Depois de tanto tempo de sol, até as plantas e os legumes tinham secado. Todos estavam ansiosos que chovesse para regar as plantas, os mais novos queriam vestir os casacos compridos e chapinhar nas poças de água.

De repente, por entre uma nuvem, começa a cair uma e depois muitas gotinhas de água. Mas não demorou muito tempo. O sol tapou as nuvens e parecia que começou outra vez o Verão. Uma nuvem triste disse-lhe:

- Porque fizeste isso? Não ouviste as pessoas a dizer que queriam que viesse chuva?

Ele não lhe respondeu porque na realidade, o sol só tapou as nuvens porque ouviu dizer isso.

Aquela Nuvem andou toda a manhã atrás do sol e no princípio da tarde disse-lhe:

-Estás triste por as pessoas dizerem que nos preferem a nós?
 -Nunca ficas contente quando sabes que não és a preferência dos outros, pois não? - interrogou o sol.

-Claro que não, por isso é que te compreendo. - Respondeu a nuvem.

  A nuvem e o sol ficaram a tarde toda a preparar um plano para conseguirem convencer as pessoas a gostarem tanto das nuvens, como do sol.

  No dia seguinte, puseram o plano em prática. A nuvem avisou as suas amigas. Elas iam desaparecer e nem ia haver sol nem nuvens.

  Depois o sol aparecia para parecer que lhes vinha dar calor.

  Assim as pessoas aprenderam que, nada nem ninguém, é mais do que os outros.  

  ANA LUíSA - 4º ANO - TURMA G7 DA PROF. CONCEIçãO OLIVEIRA - EB1 DO PINHEIRAL
publicado por aet1ciclo às 19:38
Quinta-feira, 03 DE Fevereiro DE 2011

"Porque é que os animais não conduzem?"

A turma do 1º ano da EB1/JI de Passal (Longos) da professora Helena desenvolveu uma atividade sobre o escritor e pintor Pedro Seromenho. 

Foi dado a conhecer aos alunos um pouco da sua vida e obras e foi trabalhada a história "Porque é que os animais não conduzem?".

Os alunos desta turma apresentaram esta história, através de um teatro de fantoches, a todos os alunos desta escola.

 

.
Para conhecer o livro "Porque é que os animais não conduzem?" veja o filme abaixo.
.

publicado por aet1ciclo às 22:36
Quinta-feira, 03 DE Fevereiro DE 2011

Diálogo entre o sol e a nuvem

Diálogo entre o sol e a nuvem

 

Num radioso dia de Verão,  já no tempo de férias, estava um sol brilhante e toda a gente estava na praia. Há muito tempo que  isto não acontecia, pois o sol e a nuvem andavam sempre a discutir e nunca chegavam a acordo. Finalmente aquele dia aconteceu, só veio sol e nada de nuvens no céu. Os outros dias não eram belos como aquele, pois chovia e todos se molhavam, e os raios de sol queimavam  toda a gente. As estações do ano estavam  trocadas. Quando era Verão, chovia e quando era Inverno, estava sol. Aquele dia era diferente, estava sol e era Verão. O sol dizia à nuvem:

-Vês, assim é melhor e já ninguém se queixa!

-Sim, mas quando for Inverno eu tenho de fazer chover! - exclamou a nuvem.

Mas o sol , não querendo zangar-se de novo, retorquiu:

-Eu sei. Agora só não quero que nos zanguemos outra vez, se não ainda me despedem do cargo do rei do céu.

- E a mim  de rainha! - disse a nuvem.

Na Terra estava tudo normal e todos queriam que ficasse sempre assim.

 

ANA RAQUEL - TURMA G7 - 4º ANO

 

Diálogo entre o sol e a lua

 

Estava quase a anoitecer, quando a lua se preparava para fazer o seu turno. Nessa altura, o sol estava cansado por ter espalhado os seus raios durante o dia. Foi quando tiveram tempo para conversar.

-Olá!- exclamou o sol

-Olá, tudo bem?- Pergunta a lua.

-Estou bem, lua!- retorquiu o  sol

-Que novidades contas?- pergunta a lua

-Olha lua, sabias que eu hoje vi na televisão espacial que os raios ultra-violeta vão aumentar?

-Não sol, não sabia! -responde a lua.  

Acabou assim a curta conversa entre o sol e a lua porque ambos tinham caminhos diferentes a percorrer.

 

JOãO PAULO - TURMA G7 - 4º ANO

 

Turma da prof. Conceição Oliveira - EB1 do Pinheiral

publicado por aet1ciclo às 22:33
Quinta-feira, 03 DE Fevereiro DE 2011

Minho Verde

publicado por aet1ciclo às 12:46
Quarta-feira, 02 DE Fevereiro DE 2011

Programa da Atividade

cartaz_misarela_JPG.JPG

publicado por aet1ciclo às 23:07
Quarta-feira, 02 DE Fevereiro DE 2011

Convite

publicado por aet1ciclo às 22:36
Quarta-feira, 02 DE Fevereiro DE 2011

Superstições

Em virtude de no nosso agrupamento se realizar a  atividade "Saberes e Sabores de Tradição Popular, a turma G7 do 4º ano da prof. Conceição Oliveira do Pinheiral, realizou um trabalho de pesquisa, em grupo, sobre superstições. Elaboram um cartaz para ser exposto na EB 2,3 e um comentário em forma de poesia relacionado com este tema. Vejam na apresentação acima. Cliquem para aumentar as imagens.

publicado por aet1ciclo às 22:34
Terça-feira, 01 DE Fevereiro DE 2011

Jogos florais

publicado por aet1ciclo às 23:18
Terça-feira, 01 DE Fevereiro DE 2011

Crenças, superstições e lendas da nossa terra

No dia 5 de fevereiro, vai-se realizar no nosso agrupamento a atividade "Saberes e Sabores de Tradição Popular". Estarão presentes, entre outros, o Dr. Barroso da Fonte (historiador) e o Padre Fontes (Vilar de Perdizes).
Para ser exposto na EB 2,3 elaboramos cartazes a partir da pesquisa feitas pelos alunos com os dizeres da nossa terra transmitidos oralmente (lendas, crenças, feitiços, superstições...).


Quem dá e volta a tirar ao inferno vai parar.

Se uma pessoa beber por um copo de outra, fica a saber os seus segredos.

Não se deve contar as estrelas pois faz nascer cravos.

O Rapaz que rapa a panela das papas não lhe nasce a barba.

As aranhas pequenas trazem dinheiro.

Um desejo que se pede ao ver uma estrela Cadente realiza-se.

Se fizer depilação na lua quarto minguante, os pelos crescem mais lentamente.

Abrir um guarda-chuva dentro de casa dá azar.

O noivo não deve ver a noiva com o vestido antes do dia do casamento.

Se cortar o cabelo na lua quarto crescente, este cresce mais rápido.

Se comermos o piolho das castanhas apanhamos piolhos.

Pendurar uma ferradura acima da porta trás boa sorte.

Escola do Pinheiral
publicado por aet1ciclo às 22:43

Jogos/Atividades

-

-

-

-

Dicionário Online

Outros sítios

-

.

.

-